Tetracampeão paralímpico de bocha, Dirceu Pinto morre aos 39 anos

Dono de quatro medalhas de ouro em Paralimpíadas, Dirceu Pinto, de 39 anos, morreu nesta quarta-feira (1º), em Mogi das Cruzes, vítima de um enfarte agudo do miocárdio. O atleta era nascido em Francisco Morato, na Grande São Paulo.

Dirceu foi bicampeão olímpico nos Jogos de Pequim-2008 e em Londres-2012, em simples e duplas na bocha, além de somar uma medalha de prata por equipes nos Jogos do Rio, em 2016. Também conquistou dois ouros no Mundial de 2010 e uma prata no Mundial de 2014.

Dirceu, que teve uma distrofia muscular na região da cintura (coxa e abdômen), competia pela classe BC4, para atletas cadeirantes que não recebem assistência durante as partidas.

O Comitê Paralímpico Brasileiro, em suas redes sociais, lamentou a morte do atleta. “O CPB envia seu mais profundo sentimento à família e amigos enlutados e compartilha da dor e da tristeza com os mesmos”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui