Rui: ‘Bahia tem indicadores de contágio bastante inferiores à média nacional’

Foto: Arquivo CORREIO

O governador Rui Costa afirmou, nesta terça-feira (7), durante seu programa Papo Correria, que a Bahia possui indicadores de contágio pelo novo coronavírus (covid-19) “bastante inferiores à média nacional”.

Até as 17h, o estado possuía 462 casos confirmados da doença e 14 mortes em decorrência da covid-19, segundo dados disponibilizados em boletim divulgado pela Secretaria de Saúde do Estado (Sesab).

Para o líder estadual, o baixo indicador de contágio se deve às medidas de isolamento social implementadas na hora certa.

“A nossa posição sempre foi de muito equilíbrio, sempre foi de bom senso. Desde o começo da crise, eu uso as palavras responsabilidade e serenidade para tomar decisão. No nosso entender, as medidas de proteção social nem podem ser muito antecipadas, nem podem ser tomadas tardiamente, temos que ir de forma gradativa. Foi isso que fizemos desde o início. Vamos continuar assim”, afirmou Rui.

Leia também: Coronavírus: veja balanço atualizado de casos na Bahia, no Brasil e no mundo

Em uma abordagem do coeficiente de incidência de casos do coronavírus por 100 mil habitantes, a Bahia fica no 15º lugar entre os estados.

Nesta terça, o CORREIO analisou os coeficientes de infectados por 100 mil habitantes de todo o Brasil com base nos dados disponíveis na plataforma da Rede Covida. Atualizada às 17h51, a tabela possui informações desatualizadas da doença na Bahia e, por isso, o índice de contágio por 100 mil habitantes é de 3.05.

No último boletim da Sesab, o coeficiente de incidência no estado era de 3,11 por 100 mil habitantes. Mesmo com este dado, a Bahia permanece na 15ª colocação.

Em postagem no Twitter, o secretário estadual da saúde, Fábio Vilas-Boas, afirma ter calculado o coeficiente de incidência coronavírus por 100 mil habitantes na última segunda (6). Na ocasião, o índice do estado era de 2.9, o que colocou a Bahia na 13ª posição nacionalmente.

“Isso permite visualizar melhor a distribuição dos casos. A Bahia posiciona-se em 13º lugar, bem abaixo da média nacional. Não há dúvida que é boa notícia”, comemorou numa postagem.

Levando em consideração os números absolutos de casos, levantamento do CORREIO aponta a Bahia como o nono estado do país com mais infectados pela covid-19, atrás de São Paulo, Rio de Janeiro, Ceará, Amazonas, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Paraná e Distrito Federal.

Os dados foram coletados nesta terça de boletins das secretarias estaduais de saúde e do painel da Rede Covida.

Com 14 óbitos em decorrência do novo coronavírus, a Bahia fica em sétimo na lista de unidades federativas com mortes pela enfermidade.

Os estados de Santa Catarina e Paraná registram 15 mortes e estão empatados na sexta posição. As informações foram coletadas nesta terça de boletins das secretarias estaduais de saúde e do painel da Rede Covida.

*Com orientação da subeditora Fernanda Varela.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui