Hospital Espanhol inicia funcionamento neste fim de semana, anuncia governador

As intervenções no prédio do antigo Hospital Espanhol devem ser concluídas neste fim de semana, quando as primeiras equipes de saúde no combate ao coronavírus começarão a trabalhar na unidade. O anúncio foi feito pelo governador Rui Costa, durante transmissão ao vivo em suas redes sociais, nesta quarta-feira (8).

“Teremos agora, neste fim de semana, o início do funcionamento do Hospital Espanhol, que estava paralizado há cinco anos e que requisitamos. As equipes vão entrar, se preparar e, já a partir da próxima semana, poderemos receber pacientes”, afirmou o governador, que destacou ainda as obras na Arena Fonte Nova, onde também funcionará um hospital de campanha para pacientes com Covid-19.

Rui Costa disse que nesta quarta a Bahia encerrou o dia com 50 pacientes internados em hospitais, sendo que 28 estão em Unidades de Terapia Intensiva (UTI).

O governador acrescentou que, ao longo do dia, fez cotações com empresas aéreas para contratação de um avião para trazer à Bahia compras direto da China. A ideia, segundo ele, é realizar uma compra coletiva por meio do Consórcio Nordeste  — instituição de articulação dos governadores da região nordestina  — para “acelerar a entrega e diminuir o risco” de o material não chegar, como aconteceu com os respiradores que ficaram retidos nos EUA.

O principal objetivo dos nove governadores que compõem o consórcio é lotar justamente ter êxito na compra de equipamentos respiradores. 

Mortes na Bahia

Além disso, o governador comentou o saldo de óbitos por coronavírus no estado. “Infelizmente, chegamos ao número de 18 óbitos na Bahia. Por isso, mais do que nunca eu quero reforçar o pedido para vocês: fiquem em casa”, pontuou ele, pedindo ainda que a população não saia durante o feriado da Semana Santa e adotem a celebração em casa, sem aglomeração. 

Rui lembrou ainda a importância do uso da máscara quando for necessário sair de casa. “Países do mundo que conseguiram obter um resultado muito bom foram aqueles que obrigaram todas as pessoas a usar da máscara. Não é obrigado aqui, mas nós estamos fazendo um apelo”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui