Devoção a Santo Antônio é tradição que passa de geração para geração em Campo Maior


Município do Piauí carrega história de fé pelo Santo Casamenteiro, o padroeiro da cidade. Neste ano, os festejos em homenagem ao religiosos foram celebrados de forma diferente. São João da Clube 2020: Devoção a Santo Antônio são tradição Campo Maior
Em Campo Maior, a cidade do Piauí que é a mais devota de Santo Antônio, conhecido como o “Santo Casamenteiro”, o festejo foi diferente neste ano devido à pandemia da Covid-19. Não teve missa nas igrejas, as celebrações aconteceram em casa, mas a fé dos fieis continuou a mesma.
São João da Clube: música, religiosidade, quadrilha e comidas típicas
Sofisticação com gosto de Piauí: aprenda a fazer o nhoque de milho e carne de sol
Logo na entrada da cidade uma imagem do santo recebe os visitantes e não é só do lado de fora, dentro das casas também é possível encontrar homenagem ao religioso, seja na forma de mais uma imagem ou no nome de quem lá mora.
Município de Campo Maior, no Piauí
Reprodução/TV Clube
É o caso de Antônio Lima, que recebeu o nome do santo porque sua mãe queria agradecer pelas graças alcançadas. E o filho seguiu seus passos na devoção ao religiosos.
“A minha filha mais nova tinha um ano ou dois anos de idade e tinha muitos problemas de saúde. Me apeguei com Santo Antônio, pedi ‘se você curar a minha filha irei acompanhar a procissão de encerramento dos festejos todos os anos de vida que você me der’”, relatou.
Antônio fala sobre devoção a Santo Antônio em Campo Maior, no Piauí
Reprodução/TV Clube
Antônio contou que sempre se emociona ao falar da fé e religiosidade devotadas ao santo. Um sentimento comum na cidade que reúne milhares de pessoas para celebrar o religioso no festejo que começa no dia 31 de maio, com a Procissão dos Vaqueiros, e vai até o dia 13 de junho com uma grande festa.
Por conta da pandemia, a nutricionista Lívia França teve que adiar o sonho de participar do festejo com o filho pequeno, que também se chama Antônio em homenagem aos avôs e ao padroeiro de Campo Maior.
“A nossa expectativa era grande, mas no próximo ano, com fé em Deus e em Santo Antônio, vamos estar lá presentes, comemorando com nosso filho”, disseram os pais do pequeno Antônio.
Casal devoto de Santo Antônio nomeou o filho em homenagem ao religioso
Reprodução/TV Clube
Mesmo sem poder ir a igreja para evitar aglomerações, os devotos resolveram rezar a novena cada um em sua casa. E para não deixar a igreja vazia, o bispo Dom Francisco de Assis Gabriel colocou fotos dos fieis nos bancos, como forma de celebrar a missa olhando para eles.
“Seria impossível ter todas essas pessoas, nesse momento, dentro da catedral junto com a gente. Mas nos ajudou pensar que muitas pessoas estão dentro de suas casas e foram alcançadas pelos meios de comunicação e redes sociais”, declarou o bispo.
Bisco colou fotos dos fiéis nos bancos da igreja para missa durante os festejos de Santo Antônio em Campo Maior
Reprodução/TV Clube
O comerciante Pedro Soares há 26 anos solta balões durante os festejos, uma forma de colorir o céu em um momento de festa pelo santo.
Neste ano, os balões levaram um desejo de que a pandemia passe e que no próximo ano os devotos possam celebrar o período da forma tradicional, com tudo que o santo tem direito.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui