Tiros deixam morto em local de protestos nos EUA

Parque onde o ataque ocorreu se tornou centro de manifestações contra a polícia pelo assassinato de Breonna Taylor, uma mulher negra morta em sua casa em março. Uma pessoa morreu baleada neste sábado (27) em Louisville, Kentucky, nos Estados Unidos, disse a polícia local. O parque onde o ataque ocorreu tem sido centro de protestos contra a polícia pelo assassinato de Breonna Taylor, uma mulher negra morta em sua casa em março.
Relatos do tiroteio no parque chegaram aos policiais na noite do sábado, segundo a Reuters. Em comunicado, a polícia informou que detetives de homicídios estavam no local conduzindo uma investigação. Não foram fornecidos mais detalhes.
O prefeito de Louisville, Greg Fischer, disse pelo Twitter estar triste pela violência que eclodiu no local onde as pessoas se reuniram para expressar preocupações. “É uma tragédia que esta área de protestos pacíficos seja agora uma cena de crime”, disse Fischer.
Breonna Taylor, uma técnica de emergência médica de 26 anos, foi morta em Louisville em 13 de março depois que policiais entraram em seu apartamento sem bater com um mandado de prisão. Um dos três policiais envolvidos no tiroteio foi demitido do departamento de polícia na terça-feira.

O assassinato de Taylor voltou ter destaque após a morte de George Floyd, um homem negro morto depois que um policial se ajoelhou em seu pescoço por quase nove minutos enquanto o detinha em Minneapolis.
Os dois incidentes e outros se tornaram um grito de guerra em protestos nacionais contra a brutalidade policial e o preconceito racial no sistema de justiça criminal dos EUA.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui