Para Bolsonaro, paralisação ilegal de PMs no Ceará foi greve, não motim

Em live nas redes sociais nesta quinta-feira (5), ele disse haver uma “diferença enorme” entre greve e motim e acusou a imprensa brasileira de usar a palavra contra o seu governo.