Prefeitura de Vitória da Conquista volta atrás e fecha comércio por seis dias

Após apenas um dia funcionando em formato de rodízio, o comércio de Vitória da Conquista voltará a fechar pelos próximos seis dias. Perante o novo decreto municipal, publicado no fim da tarde desta segunda (6), apenas os serviços essenciais podem continuar funcionando. De acordo com o secretário de Administração do município, Kairam Rocha Figueiredo, a prefeitura voltou atrás na decisão de abrir as lojas devido a pedidos da população.

“O que percebo é o clamor social pelo fechamento das lojas. A população está com medo e receosa, assim como todas as pessoas do mundo. O fenômeno desta pandemia é algo desconhecido”, afirmou.

Entre os estabelecimentos afetados estão Shopping Centers, galerias, academias, cinemas, teatros e Casas de Espetáculos, salões de beleza e o salão dos bares e restaurantes. 

Nesta segunda, o comércio da cidade funcionou em sistema de rodízio. O secretário afirma que não houve aglomeração nas lojas abertas e os lojistas seguiam as regras de prevenção contra o coronavírus. “Nós tomamos a decisão de abrir de forma responsável. Percebemos que não houve aglomeração e os lojistas estavam seguindo as recomendações”, disse Kairam.

Uma reunião está marcada para o próximo final de semana para analisar se é necessário manter as lojas fechadas por mais dias. O novo documento também suspende pelo prazo de 6 dias visita aos cemitérios do município, ficando permitido somente os sepultamentos com número máximo de 10 pessoas.

Durante a suspensão, poderão funcionar os serviços essencias. São eles: serviços de saúde, farmácias, assistência médica e hospitalar, vendas de gêneros alimentícios; lojas de conveniência; clínicas veterinárias, lojas de venda de alimentação para animais e de produtos para produção agropecuária, distribuidores de gás, lojas de venda de água mineral, funerárias, postos de combustível, lava rápidos, lojas de material de construção, estabelecimentos relacionados a construção civil, lojas de auto peças, borracharias, oficinas mecânicas, concessionárias de veículos e Hotéis e pousadas.