Preso por estupro amarrava as vítimas e obrigava familiares a assistir o crime

Acusado teve o primeiro nome informado pela Polícia Civil. Só nas 72 horas em que esteve em Teresina, ele fez pelo menos três vítimas.