Votação do reajuste parcelado é remarcada para a próxima terça

O presidente da Câmara, vereador Jeová Alencar (MDB) solicitou à PM e ao TJ a desocupação do Plenário para garantir andamento da pauta. Manifestantes seguem em protesto.